Retrospectiva Ciclovia da Pampulha


quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Fotos:

Clique Aqui e veja as fotos

Mais um... Ontem indo pro GIRO 20, nosso amigo Alex (um dos meninos do Edgard Antonio) foi espremido na rotatória do mineirinho e acabou caindo na tentativa de sair da situação. Apenas danos materiais.
Veja na foto o local do acidente e avaliem se isso foi pensando em segurança para as pessoas que andam de bicicleta, motoqueiros ou até mesmo para os veículos?! Absurdo!!! Esta é minha posição.

terça-feira, 29 de outubro de 2013

Video Sete Anos de Pedalando Pela Vida


Amigos, como tudo que tem acontecido na Lagoa da Pampulha o que segue neste post se dá no mais importante, pois era justamente isso que eu temia e por isso estou até hoje tentando evitar que a Prefeitura de Belo Horizonte entenda que esta ciclovia traria risco de vida.

Bom, ontem no GIRO 30 um motorista enfurecido forçou as pessoas que estavam na parte de traz do pelotão a saírem de sua frente e buzinava feito louco. Quando o pelotão passou os prismas já instalados, entramos na proteção da faixa, dai o motorista jogou no carro sobre a turma e entrou na ciclofaixa e diminuindo velocidade e falando barbaridades... E ai?! Falei de segurança para os ciclistas em geral sempre nas reuniões e temia isso. Agora estamos passando neste ponto onde os prismas estão sendo colocados e já estamos correndo risco de vida.

Agora volto minha fala aos amigos que defendem a pista segregada: como as pessoas vão fazer? Estamos falando de pessoas, pais de família. Sempre defendi e fui a favor de pessoas andarem de bicicleta, e meu projeto pode não ter atendido a expectativa que vocês do GT, mas jamais queria que isso acontecesse tanto conosco, quanto com as pessoas que vocês defendem e querem que andem de bicicleta.
Só tenho uma certeza nisso tudo: a vida de pessoas correm perigo e isso não foi analisado antes de vocês endossarem junto a PBH/BHtrans fazerem esta ciclovia, temos dificuldades quando envolve política, e falo por mim e pelas pessoas, QUE SE DANE A POLÍTICA! Minha vida e de pessoas valem muito mais que estes políticos que só pensam em si próprios.

Agora não adianta chorar, precisamos mudar isso antes que vidas sejam apenas estatísticas como sempre tem sido com relação a nós ciclistas.

Mais dois acidentes ontem dia 23/10 na Pampulha com dois de nossos amigos perto do Clube BH.
Matheus foi pro Pronto Socorro e passou a noite em aguardando atendimento e em observação, saindo hoje pela manhã e teve lesão de rompimento de grau 1 no ombro, mas passa bem! Outro acidente aconteceu no ZOO devido dois buracos enormes na pista e na segunda feira desta semana neste mesmo local outras pessoas do GIRO 30 se envolveram em acidente. Aproveitar para pedir desculpas pelo ocorrido, até porque só fiquei sabendo na segunda volta do ocorrido.

Pessoas me informaram de outros acidentes esta semana, mas como foram com grupos isolados, não tenho como confirmar.


Mai um... Lamentar!
Mas é assim que vamos mostrando os acontecimentos na Pampulha.
Este acidente aconteceu ontem dia 22/10/13 à noite perto da Igreja da Pampulha onde 5 ou 6 rapazes vinham no sentido ante horário da lagoa e ouvi colisão frontal devido susto do rapaz que vinha na frente quando acionou os freios, os demais que vinham atras por não terem freios precisos e, pelo susto, desviaram e o acidente aconteceu. Mais uma vez a pergunta: e ai?! Quem vai responsabilizar sobre mais este acidente? Seja danos materiais ou físico? Melhor, que estamos registrando acidentes menos graves, espero que nada mais grave aconteça!

Ciclistas relataram que estes rapazes vinham na rotatória da Rua: Cremona no meio da pista na contra mão e empinando suas bikes. Bom, está ai, a falta de informação das pessoas que acham que na Pampulha tem uma ciclovia segura. Seja com ou sem proteção todos estão correndo risco por se tratar de um lugar com uma demanda de bikers maior que qualquer outro lugar de BH e por ser um lugar que as bikes ganham velocidade muito fácil por ser superfície plana... Relato mais uma vez, que melhor seria uma campanha onde estas pessoas circulassem no sentido horário, como a maioria sempre fez. Mas esta obra incentiva o contrário colocando as pessoas talvez mau informadas dos riscos e visto que estas tem feito os 18.3km em sentido ante horário.

Importante precisamos registrar com BOLETIM DE OCORRÊNCIA para que as autoridades responsáveis sejam informadas sobre a irresponsabilidade desta obra sobre os riscos que as pessoas estão passando.

Lembrar que nesta segunda feira enquanto EU estava indo para o giro 30, um corredor no meio da ciclofaixa me deu uma ombrada e por pouco não cai. Como um membro do GT disse que "é só fazer campanhas educativas." Será?

Hoje a Pampulha virou uma zona de guerra, onde pessoas perderão seu espaço e a demanda de bikes cresceu e por vezes sobem pra calçada, outros acham que aquele espaço na pista de rolamento delimitado é democrático.

Veja outro acidente recente registrado na Pampulha perto do Museu.

Obrigado Valenti Marcos e Marcia Marcia Verônica pelas fotos!

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Convite:

Neste sábado dia 26 de outubro às 17:30h, convido os amigos para o lançamento do vídeo que conta os 7 anos deste projeto único que usa o ciclismo profissional como ajuda para recuperando de substancia lícitas e ilícitas com o "PEDALANDO PELA VIDA" que acontece semanalmente na entidade Terra da Sobriedade. Junto deste encontro que acontece semanalmente nesta entidade, haverá também palestras e depoimentos.

Endereço: Rua das Pedrinhas, 342 - atrás do UPA Venda nova.


Uma frase que não deixo de dizer: Podemos não mudar o mundo, mas faça do seu mundo algo diferente, pois não é achar que o problema esta na casa do vizinho e quando tocada no seu sentimento não tem dinheiro, obstáculo no mundo que o faça pensar diferente. Então, pense na vida do outro como se fosse a sua ou de seus entes próximos.

Agradecer os amigos que ajudaram neste vídeo simples, mas que tem um significado enorme na minha vida, certamente na vida daqueles que fizeram parte destes sete anos de Pedalando Pela Vida.

Humberto Higino, Bruno Bragança na edição. Sergio Durans na filmagem e Vinícius da Terra Sobriedade e, claro a todos os recuperandos... alguns deram a volta por cima, outros ainda sofrem com esta droga que não escolhe classe social, cor, sexo.

terça-feira, 22 de outubro de 2013

Ciclovia Na Lagoa Da Pampulha


Amigos, leiam este documento na qual consta informações do que foi discutido no último dia 16 de outubro (quarta-feira passada) dentro do GT Pedala BH, onde foi colocado algumas sugestões de mudanças para que a ciclovia da Pampulha pudesse chegar num consenso de todos os interessados.

Nesta reunião foi discutida as seguintes questões: nossa sugestão de construir a ciclovia no sentido contrário (do lado da calçada da lagoa) foi descartada pela BHTrans, até então...

Ata:
Segue os itens imprescindíveis para o bem comum de todos, e lembrar que do contrário, pessoas estarão correndo riscos de vida!
Opções pautada com as seguintes questões:

01 - Mão única para veículos principalmente nos SETE QUILÔMETROS onde esta sendo construída a ciclovia com separador físico (prisma) que começa no PIC PAMPULHA até o CLUBE BH.

02 - Veículos obrigatoriamente terão que circular na esquerda da pista com separador físico apenas de FAIXA SONORIZADORA nestes 7km inclusive na barragem.

03 - Pista central exclusiva para ciclistas com maior velocidades.

04 - Velocidade de 30 km/h controlada por radares eletrônicos para veículos instalados em vários pontos especialmente nas retas.

05 - Radares eletrônico exclusivo independente de horário para que veículos NÃO invadam a pista central (pista (ciclofaixa) exclusiva para ciclistas com maior velocidade).

06 - Sinalização no chão e braços estendidos com placas grandes de advertência indicando "pista exclusiva para ciclistas em treinamento", "Pista exclusiva para ciclistas", etc.

07 - Melhorias nas rotatórias para ciclistas não serem estrangulados por veículos como acontece.

08 - Nos demais trechos (11km) sugerimos apenas bikes grandes pintadas no chão junto com a faixa continua de apenas 10m a cada 200 metros.

09 - De todos estes itens apresentados, o que é mais importante é o número 05. Sem este é impossível concluir tais idéias.

URGENTE!!!
Devido ausência das demais entidades nesta reunião (Liga Mineira de Ciclismo, Federação Mineira de Ciclismo, Associação de bairros Procivitas, vereadores e usuários), uma terceira reunião deverá ser marcada para que endossem estas questões caso estejam de acordo. Caso não sejam aceitas tais reivindicações continuaremos com nossas sugestões de mão única no sentido horário também mantemos a segunda sugestão, quando oferecemos um projeto de construírem a ciclovia do outro lado da orla (substituir a contra mão dos veículos atual, para a ciclovia segregada).

Demais solicitações importantes colocadas nesta reunião se deu na implantação de radar eletrônico por toda a orla com velocidade 30 / 40km/h para veículos.

Não continuar a obra de ciclovia segregada enquanto todos os itens citados serem instalados até pela questão de segurança dos próprios usuários por um período indeterminado, por se tratar de uma questão um tanto complexa se tratando de mudanças na orla da Pampulha.

Bom, deixar claro que esta é a pauta em discussão sobre o assunto como proposto sobre a polêmica obra da ciclovia da Pampulha e não seria instalado os prismas como segue nesta carta.
Mas vê-se que a BHTrans e o GT (grupo de trabalho do Pedal em Ciclo) NÃO podem assumir tal responsabilidade ou como podemos dizer: irresponsabilidade de quebrar o combinado e agindo de forma a comprometer pessoas colocando-as em riscos de acidentes sem se quer terem oferecido um dos itens mais importantes que seria obrigatoriedade de mão única pra veículos neste trecho em obras, até por se tratar de um assunto complexo de mudar uma rotina de quem ali vive.

RESUMINDO: não estão cumprindo com estas ideias e não estão nem um pouco preocupados com os riscos que as pessoas estarão correndo enquanto tudo não estiver oficialmente firmados e claro, todas as partes envolvidas não terem manifestados suas opiniões. Com tudo, fizemos nossas sugestões e eles fazem como querem como podem ver nas fotos que seguem.

DESRESPEITO COM TODOS NÓS CICLISTAS ENVOLVIDOS NESTE PROJETO E TRAÍDOS POR ESTA ATITUDE!!!
Abraços.

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Segunda Reunião GT Pedala BH

Amigos, Ontem dia 16 outubro houve segunda reunião sobre a ciclovia da Pampulha no GT Pedala BH. Presença de representantes da BHTans, BH Em Ciclo, Rogerio Pacheco e Everton Joe.

Devido a não participação das entidades e pessoas envolvidas no início desta discussão tais como: Associação de Bairro Procivitas, Federação Mineira de Ciclismo, Liga Mineira de Ciclismo , Vereador Adriano Ventura e ciclistas usuários da Pampulha uma nova reunião será marcada para que todos compartilhem as ideias formadas e se ambos estiverem de acordo novos rumos daremos para este caso.
Deixar claro, que a maioria destas pessoas não receberam o e-mail confirmando esta reunião como prioridade o assunto sobre a ciclovia da lagoa. Falar por mim que fiquei sabendo pelo Demerson (Frango) que soube através de e-mail compartilhado, mas não tinha certeza sobre esta reunião.
Nesta reunião avançamos, mas já nota-se insatisfação de que as ideias lá colocadas podem não ser atendidas por moradores daquele local e tudo já discutido seria jogado por terra.

A ideia já colocada como sugestão é que esta próxima reunião aconteça junto ao secretário Sr. Humberto Pereira da Regional Pampulha.

Breve mais informações.

domingo, 13 de outubro de 2013

Amigos, gostaria de estar postando sempre coisas boas voltadas ao esporte como as ações que sempre fizemos na lagoa.
Recente, só temos o pêsames de anunciar mais um acidente na Lagoa. Como já sabemos dos problemas, mas um dos que não se faz a menor noção e desrespeito total pelas pessoas que andam de bicicleta quando foram instalados os TACHÕES amarelos que delimita a pista de rolamento.

Lembrar que nesta quarta feira GIRO 30, o motorista da linha 2004 jogou o veículo sobre o grupo próximo o Juscelino e se nós não tivéssemos cedido a passagem para o veículo, certamente seria mais uma estatística....

Quanto ao acidente de ontem dia 10/10 no GIRO 30, o mesmo aconteceu devido ao fato destes tachões instalados na rotatória do MINEIRINHO como segurança para o grupo, preferimos entrar na pista de rolamento antes de passarmos por estes, e ontem devido um motorista de uma KOMBI que estava trazendo insegurança para o grupo antes mesmo da reta da IEMANJÁ resolvi diminuir um pouco a velocidade do grupo antes do MINEIRINHO, para não sermos afunilados e jogados sobre os TACHÕES, quando houve o choque de rodas com Bruno Bragança.

Bom, acidentes acontecem, mas nestes pontos o risco é maior e este acidente evidencia isso, o transtorno que estes TACHÕES tem oferecido para os ciclistas que sempre andam na pista de rolamento e não sobem na calçada como a ciclovia da lagoa por vezes obriga os ciclistas a fazerem.

Bruno passa bem. Melhor, uma vez que teve apenas danos materiais

quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Se Não Podem Resolver o Problema, Não acabem Com o Que Sempre existiu e existe.

 Mobilidade, passeio, desportista e atleta compartilhavam a Lagoa da Pampulha e não aconteciam acidentes desta natureza após construção desta ciclovia... Hoje mudaram a natureza de como as pessoas sempre fizeram, e lembrar que onde existe a ciclovia na calçada não tinha sinalização adequada, tão pouco nem uma placa de advertência, onde falava que na Lagoa tem desportista e pessoas treinando. Colocar ciclovia no quintal de sua casa vai ter bikes, porém na lagoa não pode ser entendido como o resto das ciclovias feitas em BH.

A lagoa por ser plana proporciona velocidades muito fácil, relatos de várias pessoas que não conseguiam dar a volta na primeira vez que foi lá, uma vez no corredor onde a maioria das pessoas pedalam em mesmo sentido soma a estas tantas, provando que a superação vem muito rápido sobre os iniciantes e breve estão dando a volta e outras, somados toda esta natureza e o astral e tudo que a bicicleta proporciona as mudanças de hábitos acontecem naturalmente. Entender, que a pista é estreita e por vez coloca as pessoas frente com os pedestres, estreita para os veículos e outros problemas e já estamos cansados de falar isso. E ai?! Seria muito bom resolver o problema, mas se não podem resolver, não acabem com o que sempre aconteceu, acontece!

"Atletas de alta performance de Belo Horizonte tem que ir pro velódromo de Contagem!" Absurdo ouvir isso de entidades que deveriam apoiar pessoas e o esporte, mas aqui em BH fazem o contrário... Parece simples tirar o problema de BH e transferir pra Contagem!

Defendemos a idéia, onde esta ciclovia fosse colocada do outro lado da pista juntamente com mão única para veículos nos pontos da ciclovia e outros pontos onde o fluxo de veículos em sentido ante horário na lagoa é menor.

Vejam algumas imagens do projeto que sugerimos recentemente e que esta em discussão para melhor atender a todos. Segue também exemplo de algumas ciclovias quando estão do lado da calçada e observar como estas acabam sendo entendidas como uma extensão da calçada e acabam sendo compartilhadas por pedestres e demais.

Breve mais informações.
As imagens da ciclovia sugerida é ilustrativa.

Autor: Everton Joe



Fotos

Clique Aqui e Veja as Fotos